Detalhes

Bomba Trifásica Ou Monofásica e a Diesel.

Para todas as Obras, Poços, Lagos, ETC,  Motor a Diesel com alta Vasão 

Como escolher uma bomba d'água

 
Bombas d’água e motobombas são equipamentos multifuncionais empregados em uma série de rotinas na indústria da construção civil. Mas quem é marinheiro de primeira viagem e precisa alugar uma bomba para seu projeto geralmente tem dificuldades em escolher entre os diversos modelos e equipamentos disponíveis. Para dar uma mãozinha, a  LOCABREVE separou algumas dicas e instruções para você escolher o equipamento mais adequado para sua obra. Primeiramente, é preciso definir os atributos de potência e tamanho da bomba d’água – além de estar ligado às distâncias e profundidas do volume que se pretende bombear, é sempre bom levar em conta qual será a utilização do equipamento: se temporário, durante a execução da obra, ou indefinido, para a montagem de poços artesianos, por exemplo.
 
Há vários tipos de bombas e cada uma delas pode ter diferentes especificações – um especialista em hidráulica sempre ajudar dimensionando bitolas de tubos a serem utilizados, seu comprimento, adequação com a potência da rede elétrica e outros atributos. De qualquer maneira, há alguns tipos de bombas e é sempre bom saber a diferença entre cada um deles.
 
Bombas submersas
 
Como o próprio nome diz, elas são instaladas e operam abaixo do nível de água que pretendem bombear, em poços ou reservatórios. Essas bombas geralmente possuem um funcionamento bastante silencioso e, até pelo local onde irão operar, exigem pouca manutenção. É preciso, entretanto, ficar atento em relação ao tipo de volume de água no qual você irá instalar as bombas – há diferentes modelos para bombear água limpa ou água em lameiros. A segunda bomba possui filtros e componentes capazes de separar a água dos resíduos sem causar obstruções e entupimentos. Também são conhecidas como “bombas sapo”.
 
Bombas injetoras
 
Essa é uma bomba centrífuga horizontal que possui um dispositivo que vai acoplado à tubulação que fica submersa no poço ou reservatório. Sua manutenção e custo operacional tende a ser maior do que as bombas submersas, bem como o consumo de energia para acionar o mecanismo injetor/ejetor. Contudo, sua instalação é, em geral, mais rápida e fácil.
 
Bombas centrífugas
 
A bomba centrífuga é um equipamento que utiliza pás que fazem uso dessa força para captar e “arremessar” a água, impulsionando o líquido na saída. As bombas centrífugas são muito utilizadas como equipamento auxiliar na irrigação de lavouras, mas também em obras e edifícios residenciais e indústrias, movendo a água de um local para outro. Seu uso, no entanto, requer uma certa limitação na profundidade do reservatório de água, seja ele um poço ou outro recipiente – a profundida não pode exceder 8 metros.
 
Bomba autoescorvante
 
Essa bomba, muito usada em piscinas, pode operar em um nível bem acima do reservatório de água do qual pretende bombear líquido. A bomba não trabalha completamente preenchida pelo líquido e por isso consegue operar em níveis superiores. As centrífugas, por exemplo, não conseguem operar dessa maneira, em razão do ar presente em seu interior.
 
Como vimos, há muitos tipos de bombas e seu uso, algumas vezes, pode ser até mesmo combinado. Na dúvida, consulte sempre um engenheiro ou profissional especializado em hidráulica antes de selecionar o equipamento que você pretende alugar. E claro, qualquer que seja ele, sempre tome os cuidados necessários em termos de isolamento do equipamento, fiação e tubulações e tenha a certeza de que profissionais bem treinados e acostumados à rotina da máquina sejam aqueles a operá-la quando necessário.
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!